Hoje em dia, as grandes empresas já não estão pensando apenas na produtividade e no lucro. Pensa-se mais no bem estar de todos para que a produtividade aumente de forma natural, e não por pressão e estresse. 

As empresas de maior sucesso no mercado estão utilizando várias técnicas para adicionar plantas nos ambientes internos. Sejam elas posicionadas de maneira vertical ou um mini jardim, a ideia veio para ficar. 

Se pararmos para pensar, um escritório dos dias de hoje contém pisos abertos, mensagens motivacionais e o espaço do cafezinho. E agora o verde dos vários tipos de plantas. 

Elas podem acrescentar muita personalidade para os ambientes, principalmente os formais, como o de trabalho. Além disso, a qualidade do ar é otimizada e remove impurezas, enquanto adiciona um ponto de foco no trabalho.

Estamos falando de plantas pequenas e grandes. Elas também ajudam a criar espaços separados quando não há divisórias entre os funcionários. 

Contudo, você deve estar se perguntando: qual a relação da arquitetura com as plantas no escritório? Bom, prossiga com a leitura que a gente te explica! 

A relação entre arquitetura e as plantas em escritórios 

Vale ressaltar que a arquitetura procura otimizar o espaço, adicionando funcionalidade e promovendo a criatividade. Ou seja, tem como função garantir que o espaço atenda às necessidades de todos que o ocupam, sejam funcionários ou sócios. 

Nesse contexto, a arquitetura define um ambiente bonito, cenográfico e visualmente apelativo. Contudo, leva em consideração todos os pontos funcionais, psicológicos, técnicos, de sensações, conforto e viabilidade financeira. 

Para isso, o arquiteto usa todas as suas técnicas e expertise para as fases de execução e de escolha de materiais para melhor atender o cliente. 

O profissional de arquitetura contará, então, com o uso de plantas para completar o projeto de um escritório e assim atingir todos os seus objetivos como arquiteto. Contudo, é importante saber que existem espaços que exigem mais atenção e cuidado para serem planejados

Para garantir a funcionalidade e promover a criatividade de um escritório usando plantas, é preciso saber os outros motivos pelo qual o arquiteto acrescenta plantas ao projeto.

As plantas no ambiente corporativo 

Já se foi aquele tempo de cubículos e paredes cinzas, mas muitas vezes as plantas ainda são ignoradas no mundo corporativo. No entanto,como citado anteriormente, as empresas de maior sucesso já adotaram o seu uso. Uma dessas empresas é a WeWork, que faz questão de ter luz natural e uma grande quantidade de plantas em todos os seus escritórios. 

Contudo, vamos lembrar que é mais que uma tendência para o bem estar dos funcionários. Já foi comprovado cientificamente que elas mudam muito mais que a parte decorativa. 

Um estudo na Universidade de Surrey, feita pela pesquisadora Helen Russell, comprovou que as plantas em escritórios reduzem o estresse e promovem a calmaria. 

Outros benefícios das plantas em escritório

Alguns benefícios que surgem com a adição de plantas podem não ser perceptíveis no dia a dia, mas estão lá. Alguns dos benefícios são:

  • Promove a melhora de humor e acalma o ambiente;
  • Filtra o ar. O verde pode absorver os agentes poluentes do ambiente, de acordo com estudos da NASA);
  • Aumenta a umidade do ar. Isso é devido a água que é absorvida pelo verde quando regada e é devolvida para o ar);

Como escolher as plantas certas 

Alinhar os seus desejos com um arquiteto é a melhor forma de escolher as plantas para os ambientes internos. O profissional saberá o tamanho certo para criar um espaço criativo sem afetar a funcionalidade. 

Com anos de experiência no mercado, a FMC pode te ajudar. Sempre mantendo o alto padrão de qualidade e excelência em todos os nosso projetos, garantimos a melhor maneira de adicionar plantas ao projeto arquitetônico para você e sua equipe. Venha conferir a influência do branding design de interiores corporativos para entender mais! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *