Atrair clientes para a sua loja pode ser uma tarefa desafiadora. Isso porque o consumidor está cada vez mais exigente. Essa é a diferença entre se destacar, ficar na média ou falhar é atribuída à estratégia de ter uma fachada de lojas planejada.

Fazer com que a fachada se destaque não é uma tarefa fácil, mas é aí que a arquitetura chega, para ajudar, agregando valores. O trabalho do arquiteto é importante, pois ele auxiliará no planejamento da sua loja, resultando em uma estratégia para o interesse dos clientes.

Quer saber como funciona a relação entre o arquiteto, o lojista e sua fachada? Continue acompanhando o conteúdo para saber. 

Qual o propósito de planejar a fachada da minha loja?

O grande propósito é influenciar o comportamento do consumidor. Como? Com um projeto atraente na fachada, com um fluxo inteligente no interior da loja, com uma forma visualmente agradável da organização da mercadoria. A fachada sempre deve seguir a mesma linguagem do interior da loja e comunicar o tipo de produto que comercializa.

Quanto mais agradável for a fachada e o interior da loja aos olhos do consumidor, mais confortável será para ele a permanência na loja e seu retorno em outras ocasiões.

A fachada da loja e o arquiteto 

Se já houve algum projeto arquitetônico no interior da loja, o profissional será capaz de auxiliar com a renovação da fachada considerando o interior já realizado, pois, como citado anteriormente, a fachada deve seguir o mesmo estilo existente no interior da loja.

O papel do arquiteto será no auxílio da otimização do espaço, a fim de torná-lo eficiente e funcional. Além disso, a decoração do espaço também deve ser pensada de acordo com o segmento de mercado, público-alvo e estratégia de vendas. 

Com o trabalho do arquiteto, é possível   atingir organização, dedicação, e criatividade, até porque esse será o primeiro contato que o varejista terá com o cliente. Então, conte a ele os objetivos que deseja almejar para que tudo fique com o seu estilo, mas com um toque bem profissional. 

Como definir os objetivos da fachada da loja?

Para estar em bom alinhamento com o arquiteto e definir os seus objetivos é elaborar um estudo do ponto físico. Tenha certeza que os seus concorrentes estarão estudando você, então saiba quem eles são e estude-os também. Dessa forma, é possível elaborar algo exclusivo para a sua loja. 

Outro ponto importante é saber o que é permitido e proibido. Alguns municípios possuem legislações específicas quanto à fachada das lojas, tais como os tipos de placas e letreiros. Dessa forma, é importante ficar atualizado sobre a legislação da sua cidade, para evitar multas, desperdício de dinheiro e materiais. 

As lojas em interior de Shoppings também devem considerar as normas dos mesmos. Cada shopping tem normas específicas para o projeto das lojas.

Tenha em mente que a poluição visual deve ser levada em conta. O seu arquiteto saberá o que fazer, a fim de evitá-la. Como um exemplo, cores vivas ou muita propaganda podem gerar uma aspecto visual negativo no seu estabelecimento. 

O profissional de arquitetura certamente associará os conceitos atuais aos tradicionais para uma boa harmonização da fachada. 

São muitas tendências, então saiba que, com criatividade e técnicas adequadas, será possível realizar suas ideias.

Considerações finais 

Para a criação de uma fachada que atrai um maior número de clientes, não é necessária uma grande reforma. Porém se o interior da loja necessitar de adequações, o arquiteto saberá o que planejar.

Essas dicas são um importante passo para o sucesso do seu negócio!

Gostou do conteúdo? Não deixe de conferir o nosso conteúdo sobre como o projeto arquitetônico pode influenciar nas suas vendas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *