Quando surge a necessidade ou o desejo de criar ou mudar um ambiente, obras e reformas acontecem. Em situações assim, você tende a contar só com o pedreiro ou busca ainda mais segurança para o projeto contratando também um escritório de arquitetura?

Ainda que muitos pedreiros façam um bom trabalho, há situações em que a melhor decisão é contar também com um projeto arquitetônico bem desenvolvido. E foi para que você saiba quando contratar um profissional de arquitetura que fizemos este post. Siga em frente e boa leitura!

Obra é sinônimo de dor de cabeça?

Você provavelmente já conhece a ideia de que lidar com obra é motivo para dor de cabeça constante, certo? O interessante é que essa ideia surge especialmente de experiências em que um escritório de arquitetura não foi contratado.

Geralmente, é para pequenas obras ou reformas que pessoas decidem contar apenas com a expertise dos pedreiros. O prestador de serviços pode ter uma boa ideia do que precisa ser feito, mas é provável que ao longo do processo ele descubra questões que demandam mudanças de planos e novos investimentos. 

Quando um projeto arquitetônico é feito, um estudo mais detalhado das características e da estrutura do local acontece. Assim, o arquiteto tem uma visão mais ampla da realidade para apresentar a melhor solução possível para o espaço.

A contratação de um profissional de arquitetura evita que uma obra seja marcada por dezenas de imprevistos e tenha seus custos e prazos alterados a cada semana.

Toda obra precisa de um arquiteto?

Mesmo sabendo que contratar um arquiteto pode evitar dores de cabeça, há quem ainda se questione se vale a pena contar com esse profissional mesmo em obras pequenas. A resposta é sim, vale a pena. A recomendação é que toda obra ou reforma tenha a orientação de um profissional ou escritório de arquitetura. 

O desenvolvimento de um projeto arquitetônico leva em consideração, entre outros fatores, o uso mais estratégico dos recursos financeiros do contratante e dos materiais. 

Quando uma obra conta apenas com o pedreiro, imprevistos podem acontecer fazendo com que o contratante precise tentar trocar algum material já comprado. E, quando a troca não é possível ― ressaltando que o mercado dificilmente aceita a simples devolução dos materiais ―, o prejuízo é certo. 

Sendo assim, há dois pontos claros até aqui sobre porque contratar um arquiteto: evitar estourar o orçamento e manter a obra ou reforma dentro do prazo estipulado. 

Mas isso não é tudo!

O barato que sai caro!

Evitar chamar um escritório de arquitetura para fazer um projeto e orientar uma obra é uma decisão que, por vezes, se baseia na intenção de simplificar as coisas. Afinal, será que uma pequena reforma no banheiro de casa precisa de tanto acompanhamento profissional?

A questão é que mesmo obras simples podem surpreender. Quando o prestador de serviços tenta solucionar cada um dos problemas à medida que vão surgindo, pode se distanciar do planejamento inicial. As chances do resultado final ser bem diferente do esperado são reais. 

Além do mais, sem um projeto arquitetônico, existe o risco de que cada alteração feita resulte em um conjunto que cria novos problemas. Talvez, a posição do box no banheiro seja trocada, mas o escoamento não fique bom ou a luminosidade fique pior do que anteriormente. 

Ao contratar um arquiteto, questões como essas são consideradas e analisadas previamente. Como consequência, o resultado da obra se aproxima ao máximo das expectativas do contratante. E o melhor: garantindo que mudanças não acabem gerando novos problemas.

Mais vantagens de contratar um arquiteto

Para que fique ainda mais claro porque vale a pena contratar um arquiteto ou um escritório de arquitetura, apresentamos outras vantagens:

  • Profissionais da arquitetura planejam a obra ou reforma com base na necessidade do cliente, das características do local e também do perfil do cliente. Em outras palavras, oferecem a possibilidade de dar toques de personalidade ao espaço e torná-lo mais especial;
  • Projetos de arquitetura valorizam um imóvel, o que significa ter a chance de conseguir valores mais altos em uma eventual venda;
  • Um escritório de arquitetura conta com profissionais multidisciplinares e, por isso, entrega um projeto arquitetônico detalhado e claro para cada etapa da obra. O mesmo vale para o orçamento;
  • Com todo conhecimento que tem à sua disposição, um escritório de arquitetura consegue montar um cronograma para a obra ou reforma, de modo que facilite a compreensão das etapas e o cumprimento dos prazos;
  • Uma equipe de arquitetos tem uma rede de networking mais ampla. Isso significa contatos de múltiplos fornecedores e lojistas para negociar os melhores preços e garantir a qualidade dos produtos da obra;
  • Contratar um arquiteto é ter um profissional capacitado para acompanhar as diferentes etapas da obra. Algo que resulta em mais garantia na conquista do resultado esperado;
  • Arquitetos estão atentos a questões como sustentabilidade e conhecem cada vez mais soluções eficientes e funcionais que favorecem o local e o planeta;
  • Reformas que envolvem mudanças estruturais, como a derrubada de paredes, demandam a realização de cálculos que garantam a segurança do local. Arquitetos trabalham junto a engenheiros civis, profissionais capacitados para realizar esses cálculos e impedir erros que configurem riscos graves;
  • Um escritório de arquitetura conta com profissionais legalmente autorizados a desenhar um projeto arquitetônico e se responsabilizar pela obra.

    Há casos em que é preciso solicitar autorização da prefeitura para fazer qualquer reforma ou construção. E isso gera a necessidade da emissão de um Registro de Responsabilidade Técnica, conhecido como RRT, que só pode ser feito pelo arquiteto.

Gostou do post? Aproveite e faça o Checklist do Ponto Comercial e descubra tudo o que você presa saber antes de abrir o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *