Construir e reformar é o plano de muitas pessoas, mas todos têm em mente o quão caro isso pode sair para o bolso, não é mesmo? Até porque combinar estética, personalidade, funcionalidade e segurança ao mesmo tempo pode ter um custo elevado e, quando se trata do nosso patrimônio, não queremos deixar nada faltando. 

É importante saber que, para que todos esses quesitos se tornem realidade, é preciso um projeto eficiente e bem detalhado por parte do arquiteto antes e durante a execução da obra. Falando-se no período de execução, ter um arquiteto supervisionando tudo garantirá que a qualidade do serviço seja sempre contínua, evitando desperdício de materiais.

Vale lembrar que o arquiteto garante que todos os desejos e necessidades dos moradores sejam atendidos. 

Contudo, saiba que é possível economizar em uma obra. Quer saber como? Então, continue a leitura!

Escolha o terreno 

Um arquiteto pode orientar o cliente desde a escolha do terreno quando analisa a localização, o entorno, a insolação e outras características da área. O tipo do terreno também pode proporcionar economia na construção. Terrenos planos possibilitam um primeiro controle de gastos com movimentação de terra, muros de arrimo e estrutura.

O profissional fará um projeto levando em consideração a topografia e o histórico de acidentes naturais da região para que seja possível poupar gastos.

Projetos e planejamento são essenciais 

A contratação de um arquiteto é fator de grande importância quando se pensa em uma reforma ou uma nova construção. Um projeto bem elaborado minimiza enormemente a possibilidade de problemas, portanto, invista! 

Tenha em mente que uma obra sem projeto pode fugir completamente dos valores pensados já que imprevistos, assim como desperdício de material, certamente vão ocorrer. Não há como prever de onde chegarão os gastos não havendo um projeto. 

Um planejamento detalhado antes do desenvolvimento de um projeto também é fundamental para o controle de gastos. O arquiteto conversará detalhadamente, nessa fase, sobre as rotinas, hábitos e necessidades do cliente. 

No projeto de uma residência, por exemplo, questiona-se a necessidade do número de banheiros, o que encarece muito uma obra. Em um projeto corporativo, questiona-se se quantas salas de reuniões são realmente necessárias, já que isso vai requerer uma área maior, mais divisórias, mais mobiliário, mais equipamentos, por exemplo.

Já o responsável pela obra fará um planejamento extremamente importante para o seu bom andamento. Um cronograma prever a chegada de materiais para que cada uma das etapas da construção possa ser cumprida no prazo estipulado e a mão de obra não fique ociosa, aguardando a chegada dos produtos. 

Uma planilha com quantitativos e valores de cada material e serviço guiará as compras em volume necessário e dentro dos custos previstos. Planejamento e projeto têm que andar juntos para a garantia do controle de custos. 

Mão-de-obra e materiais 

O arquiteto pode ajudar a escolher os profissionais qualificados para a execução da obra, mas lembre-se que a supervisão do arquiteto é necessária para evitar contratempos e solucionar problemas.

Na compra de materiais, a planilha orçamentária será o seu melhor amigo. Tenha em mente todos os parâmetros de qualidade dos materiais estabelecidos pelo arquiteto que elaborou o projeto. 

Muitas vezes, na hora da compra, os materiais mais baratos são tentadores, mas deve-se lembrar que, como o preço, a qualidade será inferior. Essa compra resultaria em uma economia a curto prazo, mas a necessidade de substituição desses materiais ocorrerá antes. 

Na execução da obra, a organização é crucial. Muito entulho e bagunça no canteiro ao decorrer do dia, pode resultar em desperdícios. 

Conclusão

Definitivamente, o arquiteto é indispensável em qualquer construção ou reforma. Afinal, um projeto bem feito, um planejamento de obra adequado e o acompanhamento da construção por um profissional competente podem resultar em uma obra de qualidade superior, dentro dos prazos e dentro do orçamento previsto. 

Quer construir ou reformar? Deixe que a FMC te ajude e entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *